Posts Marcados roque

Volta do Vinil, a música “engolida” como Fast-Food, a morte lenta de um ideal e Feliz Dia do Rock \m/

E aí pessoal, tudo tranquilo?  Após alguns meses na geladeira o Roque Veloz está voltando e com força total e em novo formato, em breve algumas outras novidades pra vocês. Por enquanto, temos este texto abordando algumas opiniões e comentando alguns fatos como a “volta” do vinil e o dia internacional do Rock. Curta, compartilhe, comente, ou apenas leia, mas não deixe de ler e enfim, vamos ao post.
Ah…o Vinil, o bom e velho bolachão parece estar voltando de vez ao lugar que nunca deveria ter saído, o mercado musical. Muitas bandas estão começando a retornar ao formato analógico e além disso há vários relançamentos de álbuns bons, sendo que cada vez mais podemos ver um agito no mercado referente a este assunto. Tanto que várias empresas já começam a pensar em toca-discos modernos que além das já obrigatórias entradas USB, começam a investir novamente nesta velha forma de apreciar a música. E já começa a atingir um mercado não somente de colecionadores, mas usuários comuns que não raramente compram um álbum ou outro e já estão correndo atrás de peças como essa.
Anúncios

, , , , , , , ,

Deixe um comentário

Dia Internacional do Rock \,,/

Roque, no xadrez, é uma jogada especial que envolve a movimentação de duas peças no mesmo lance. É também assistente de palco do Programa Silvio Santos.

Fora isso, o Roque, também chamado de Rock pelos gringos, é o aniversariante de hoje!

AEEEEE CARAI! \o/

O foda é que não se sabe quantos anos esse senhor tem. Só se sabe que ele é um senhor, já que descende do Blues, esse sim um ancião. Mas o Rock é um senhor com alma de adolescente, cabeludo (ou não), barulhento (ou não), muitas vezes revoltado (ou não), colorido (mah nem fodendo! ¬¬), mas todo mundo gosta dele. Ou não.

A coisa é muito mais simples do que parece. Consiste em quebrar paradigmas, inverter valores, chocar, botar pra foder. Muito antes da Lady Gaga aparecer com seus peitos que atiram e o caralho a 4, Elvis Presley chocou com sua dança, e ainda tocando a música dos negros. Alice Cooper tocava o terror literalmente nos shows, o Queen botava estádios abaixo, sendo a primeira banda denominada “Rock de Arena”. No Brasil, Raul Seixas parecia ter vindo realmente de 10.000 anos atrás com suas letras que ainda soam atuais, os Mutantes trouxeram o psicodelismo da época, o NxZero… bom… deixa quieto.

Também tivemos o surgimento dos Deuses do Metal: Ozzy Osbourne, com o eterno morcego que ninguém cansa de falar, Dio com o tão usado \,,/ , o pessoal bonito do Deep Purple e do Led Zeppellin, o poder do couro do Judas Priest, Eddie e seus amiguinhos do Iron Maiden, o ego e o óleo corporal do Massacration Manowar, e por ai vai.

O Manowar

Leia o resto deste post »

, , , , , , ,

4 Comentários

%d blogueiros gostam disto: