Posts Marcados glam

(1994) Erotic Suicide – Abusement Park

Por Bella

O Erotic Suicide foi formado em 1993 em Oklahoma, e Abusement Park foi o primeiro dos dois álbuns que a banda viria a gravar. A turnê de divulgação contou com o apoio de Ugly Kid Joe, Jackyl, Ace Frehley, Bang Tango e Vince Neil.

No entanto, Erotic não chegou a fazer muito sucesso por um motivo simples: lançar um álbum de glam/sleaze em 1994 não foi uma grande demonstração de senso de tempo, certo? Se tivesse sido gravado uns 5 ou 6 anos antes, com certeza teria feito uns bons milhares de fãs. De qualquer forma, existem sete boas músicas em um álbum com dez. Como nem só de álbuns perfeitos é feito o Roque Veloz, aqui vão algumas dicas de faixas pra saborear e outras para apertar o >>|

Melhor música: Sweet Summer Nights

Pior música: Mean Sex Machine

1 – Babylon (3:45) 5/5

O álbum já começa ligado no 220 com um vocal incisivo de Rachal Rose, que depois vem acompanhado de muitos coros até o final da música. Babylon é pauleira do começo até o fim, eu diria que serve como uma amostra grátis do disco. Desde o começo há uma preocupação visível em exibir a qualidade da banda, seja através dos vocais ou através do solo fodástico que começa antes do meio da faixa. Babylon tem toda a força esperada de uma primeira música de um primeiro álbum.

Leia o resto deste post »

, , , , , ,

1 comentário

(1984) Twisted Sister – Stay Hungry

Por Bella

Capa do álbum.

O Twisted Sister foi formado em Nova York em 1972 pelo guitarrista Jay Jay French. A banda ficou conhecida por seu visual exagerado, cheio de maquiagem e brilho, caracterísitco do glam e influenciado por David Bowie e New York Dolls. Com a entrada de Dee Snider (vocalista e compositor) em 76 vieram influências de Motörhead, Black Sabbath e Alice Cooper, o que tornou o som deles muito mais interessante e mesclou o glam com o heavy metal de vez. Além disso, Dee é um grande frontman e trouxe o brilho (no sentido figurado, porque brilho no sentido literal o Twisted sempre teve xD) que faltava para as apresentações ao vivo, o que começou a angariar fãs. O ápice dessa melhora aconteceu em 10 de Maio de 1984, quando foi lançado Stay Hungry, o terceiro álbum de estúdio da banda. Stay Hungry é mais comercial e tem um estilo mais desenvolvido que os anteriores, e foi o que chamou atenção da MTV. O próprio Jay Jay chegou a dizer: “Cada banda tem seu momento forte. Stay Hungry é para nós como o Dark Side of the Moon é para o Pink Floyd”. Quis postar sobre esse álbum porque sabemos que algumas vezes um álbum cheio de hits como esse não merece a fama que tem. Pois bem. Nesse caso, merece.

Melhor Música: I Wanna Rock

Pior Música: Don’t Let Me Down

*Todas as músicas compostas por Dee Snider, exceto Burn in Hell.

1 – Stay Hungry (3:05) 5/5

Com uma batida empolgante, riffs rápidos e vocal engrenado, a música homônima abre o álbum com o estilo festeiro do Twisted. Mesmo tendo uma melodia relativamente simples, o vocal é de se admirar, e parece que toda a música é direcionada pra exibir o potencial dele. Isso foi feito de maneira surpreendentemente profissional, de forma que percebemos a potência da voz de Dee, mas não deixamos de notá-la em harmonia com os outros instrumentos, não é algo feito para se sobrepor. O solo também tem uma pitada de exibicionismo, nada fora do normal para uma primeira música.

Leia o resto deste post »

, , , , , , ,

8 Comentários

%d blogueiros gostam disto: