Posts Marcados 1994

(1994) Erotic Suicide – Abusement Park

Por Bella

O Erotic Suicide foi formado em 1993 em Oklahoma, e Abusement Park foi o primeiro dos dois álbuns que a banda viria a gravar. A turnê de divulgação contou com o apoio de Ugly Kid Joe, Jackyl, Ace Frehley, Bang Tango e Vince Neil.

No entanto, Erotic não chegou a fazer muito sucesso por um motivo simples: lançar um álbum de glam/sleaze em 1994 não foi uma grande demonstração de senso de tempo, certo? Se tivesse sido gravado uns 5 ou 6 anos antes, com certeza teria feito uns bons milhares de fãs. De qualquer forma, existem sete boas músicas em um álbum com dez. Como nem só de álbuns perfeitos é feito o Roque Veloz, aqui vão algumas dicas de faixas pra saborear e outras para apertar o >>|

Melhor música: Sweet Summer Nights

Pior música: Mean Sex Machine

1 – Babylon (3:45) 5/5

O álbum já começa ligado no 220 com um vocal incisivo de Rachal Rose, que depois vem acompanhado de muitos coros até o final da música. Babylon é pauleira do começo até o fim, eu diria que serve como uma amostra grátis do disco. Desde o começo há uma preocupação visível em exibir a qualidade da banda, seja através dos vocais ou através do solo fodástico que começa antes do meio da faixa. Babylon tem toda a força esperada de uma primeira música de um primeiro álbum.

Leia o resto deste post »

, , , , , ,

1 comentário

(1994) Mötley Crüe – Quaternary

Capa do álbum

Junto com o álbum “Mötley Crüe” foi lançado um EP contendo músicas individuais de cada integrante da banda, chamado “Quartenary”. O EP hoje em dia é raridade, pois fora lançado apenas 20.000 cópias dele na época, e se você espera o Mötley Crüe dos clássicos de “Too Fast For Love”, ou até mesmo do “Girls,Girls,Girls”, passe longe, pois este lançamento é uma viagem até mesmo mais distante do som do grupo que o próprio álbum de 94.

Melhor Música: Bittersuite


Pior Música:
Father

1. “Planet Boom” (Tommy Lee) – 3:49 – Produced by Lee & Rock 3/5
Quem conhece a carreira solo de Tommy Lee não vai se assustar com esta faixa, mas para ouvintes apenas dos clássicos Hard Rock do Mötley Crüe vai ser um tapa na cara, pois de hard rock não tem nada, um Hip-Hop bem composto, com alguns fills de guitarras, abrem este ep, o próprio Tommy Lee está nos vocais aqui.
Leia o resto deste post »

, , , , , , , ,

1 comentário

%d blogueiros gostam disto: