Top 3 álbuns de 2010

Confira os melhores álbuns do ano, com as opiniões individuais de cada membro do RoqueVeloz.

Top 3 álbuns lançados em 2010 por guibby

1 – Scorpions Sting In The Tail
Um bom álbum de despedida não é fácil, e o Scorpions conseguiu fazer isso com quase perfeição, apesar de soar como uma coletânea dos melhores momentos da carreira da banda, Sting In The Tail veio pra se tornar um dos melhores álbuns do gênero e consegue emocionar com The Best Is Yet To Come em seu final.

 

 

 

 

2 – 7 Sinners Helloween
O álbum não apresenta nada de novo, nem algo inusitado como a coletânea lançada também esse ano de versões de suas músicas mais conhecidas (Unamerd), porém…nunca é demais ouvir música com boa qualidade e o Helloween é uma das únicas bandas que conseguem mesclar peso e melodia com perfeição.

 

 

 

3 – Ratt – Infestation
11 anos após seu último lançamento, a banda seguiu a onda de várias que ressurgiram com álbuns modernos e infestou(há!) o player de vários fãs e provou que ainda tem muito o que mostrar ao público, peso e modernidade sem perder sua essência.

 

 

 

 


Top 3 álbuns lançados em 2010 por Bella

1º Sting in the TailScorpions
Scorpions sempre teve lugar em qualquer lista do meu coração. Tá, tirando o exagero, esse é um álbum fantástico, não por trazer algo inovador, mas por trazer mais do Scorpions pra quem curte poder se despedir com orgulho.

 

 

 

 

2º A Thousand SunsLinkin Park
Linkin é uma banda difícil. Nem tudo que eles fazem dá pra engolir. Por isso é com orgulho que coloco este álbum na minha lista. Os caras fizeram um trabalho e tanto. Se continuar assim, talvez eu até esqueça aquela coisa desastrosa com o Jay-Z.

 

 

 

 

3º We’re Here Because We’re Here – Anathema
Eu não podia deixar de fora da minha pequena lista algo que conheci este ano graças ao Éric, um amigo meu. Este álbum me agrada bastante, e é algo bem diferente do que eu costumo ouvir. Recomendo. Destaque para Angels Walk Among Us.

 

 

 

 


Top 3 álbuns lançados em 2010 por Hellion

1 – Ozzy Osbourne – Scream

O velho Madman ressurge das trevas com seu novo fiel escudeiro Gus G., e a bolacha não decepciona. Finalmente Ozzy achou o meio termo entre a sonoridade clássica dos anos 80 e a modernidade que vem tentando inserir NA MARRA desde Down To Earth (2001). Forte candidato a álbum do ano.

 

 

 

2 – Accept – Blood Of The Nations
Todo mundo, por mais que tivesse esperança, também tinha medo do que viria do Accept com o novo vocalista Mark Tornillo, já que a identidade do grupo sempre esteve fortemente ligada a Udo. Mas pra felicidade geral das nações, o disco é realmente muito bom e não deixa nada a desejar para a fase áurea do Accept. Heavy Metal alemão socador de estômagos e chutador de bundas do começo ao fim!

 

 

 

3 – Lordi – Babez For Breakfast
Hard rock sem frescura e de primeira! A banda que aparenta ser o futuro do shock rock nos brinda como mais pancadaria monstruosa, com direito a participação de Bruce Kulick (ex-Kiss). O som dos finlandeses amadureceu bastante, mas não deixou de ser divertido como sempre, grande álbum, grande banda!

 

 


Top 3 álbuns lançados em 2010 por Joaora

1 – CRAZY LIXXNEW RELIGION
Os suecos do Crazy lixx entraram o ano de 2010 prometendo um novo álbum e logo em março lançaram o tão esperado New Religion, apenas o segundo álbum da banda. Para a felicidade dos fãs que aguardavam anciosamente o novo tape, a sonoridade da banda pouco mudou do já clássico e debut Loud Minority. Canções como 21 ‘Til I Die, My Medicine e Rock and a Hard Place mostram a qualidade e o poder Hard de uma das bandas mais promissoras da Europa! Apenas 2 CDs, foi o que a banda precisou para se destacar no cenário musical atual e ser uma das melhores da atualidade!

 

2 – CRASHDIET – GENERATION WILD ( Você pode ver a resenha deste álbum aqui)
Terceiro álbum da também banda sueca Crashdiet, isso mostra o quanto o rock evoluiu lá pros lados escandinavos, os dois melhores álbuns do ano ao meu ver são da Suécia! Simon Cruz teve a responsabilidade de substituir Olivier Twist no novo álbum da banda, algo que convenhamos com a bagagem que Twist tem é algo dificil. Mas com sua voz energética e até mais técnica do que a do vocalista passado, o cantor conseguir agradar os muitos fãs do Crash! Músicas como Chemical, Generation Wild e Bound to Fall viraram destaque e agradaram. A sonoridade que alavancou a banda ao estrelato repentino mostra uma influência mais clara do Hard dos anos 80, em alguns pontos lembrando bandas como Skid Row e Motley Crue.
Recomendadissimo!

3 – Em terceiro lugar meu amigo, prefiro não colocar nada!
Não foram todos os álbuns lançados esse ano que parei para ouvir, um exemplo disso foi o novo do Accept, com o novo vocalista, pretendo ouvir,boatos me dizem que está foda e também o novo da promissora banda HEAT. Já outros lançamentos não me agradaram, e preferi não recomendar em 3ª lugar, Aqua do Angra e Sting in the Tail do Scorpions além do Babez for Breakfast do Lordi, que foram os álbuns ouvidos por mim lançados esse ano não obtiveram o exito para figurar nesta posição! KEEP ROCKING AND HAPPY NEW YEAR!!


Top 3 álbuns lançados em 2010 por DarkMephisto

1 – Angra – Aqua
O Aqua é o a volta por cima do Angra depois de 4 anos sem fazer nenhum álbum. É a volta triunfal de Ricardo Confessori na bateria, que trouxe de volta toda aquela pegada do Holy Land mesclada com a técnica e a velocidade da fase Aquiles. O álbum tem uma pegada diferente da qual estamos acostumados a ouvir do Angra, mas com a volta do Ricardo, o Angra teve mais liberdade de juntar tudo que se ouve da fase antiga e da fase nova.

 

 

2 – Shaman – Origins

Origins é o segundo álbum que essa formação do do Shaman fez. Podemos dizer que dessa fase, é o mais trabalhado, pois os músicos já tiveram o tempo de entrosamento necessário tanto para a parte de estúdio, quanto para ao vivo. Origins tem as características que os outros álbuns tem, que é aquela mais tribal, que vem mais forte agora só que bem pesado e rápido e também com arranjos de teclado. Destaque para o Ricardo Confessori que não parece a mesma pessoa tocando nos álbuns até o Immortal, comparando com esse álbum.

 

3 – Scorpions – Sting In The Tail

Esse álbum fecha com chave de ouro (ou pelo menos diz que fecha), uma das carreiras mais brilhantes e invejáveis da história do rock. Trás faixas que representam momentos memoráveis de toda a carreira do Scorpions e com faixas que soam como antigos clássicos. Uma despedida
pela porta da frente; uma pena ser o último. Particularmente falando, tenho uma teoria que é apenas férias, ou quero acreditar nisso assim como a legião de fãs da banda pelo mundo.

 

 


Para o membro DiNebbia, o único álbum que merece destaque neste ano é o 7 sinners do Helloween.


Top 3 álbuns lançados em 2010 por bcolisse


1 – Pain of Salvation Road Salt One

Não há muito o que dizer. Daniel Gildenlow novamente mostrou inovação nesse novo album, com musicas conceituais muito bem contruídas e elaboradas, fugindo um pouco do genero do progressivo mas continuando com grande qualidade. Destaque para as faixas “Linoleum”, “No way”, “This darkness of mine” e “sisters”.

 

 


2 – Bullet for my valentine Fever

Quem já conhece os outros trabalhos da banda vai perceber que o Bullet continua com um nível musical muito bom. Riffs pesados, guturais e solos de guitarra estão mais do que presentes em mais um grande trabalho da banda, mostrando que o metal continua muito bem vivo obrigado e que o metalcore continua ganhando muita força. Destaque para a faixa-titulo, Fever.

 

 


3 – Avenged Sevenfold –  Nightmare

Apesar de ser um album bom, mesmo após o falecimento do bateirisa James Sulivan (the rev.) e “substituição” pelo ex- baterista do Dream Theater, Mike Portnoy, o album conseguiu ter um nivel bom com ótimas faixas, mas ainda assim deixou um gostinho de “quero mais”, me deixando apenas ansioso pelo lançamento do próximo album da banda. Destaque para a faixa-titulo, Nightmare, Buried alive, welcome to the family e God hates us.

 

 

 

Já que os melhores já foram escolhidos…

Decepção do ano

Iron Maiden – The Final Frontier

Após o lançamento do fraco A Matter of Life And Death em 2006, a banda prometeu um álbum que remetesse aos tempos áureos e o resultado foi totalmente o contrário! Apesar de ter ótimos momentos como a poderosa “The Alchemist” o álbum mais parece metal progressivo cheio de introduções e reviravoltas mirabolantes durante as músicas, não que seja ruim…mas por se tratar de Iron Maiden e por a banda ter prometido exatamente o oposto de “The Final Frontier”, acabou ficando como a decepção do ano.

  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: