Arquivo para categoria Tesla

(1989) Os Dez Melhores Álbuns

Seguindo o exemplo do site about.com (com matérias traduzidas no site Whiplash.net) e para comemorar o centésimo post do roqueveloz, aí vai um post especial, uma lista com os melhores álbuns de rock lançados em 1989, não é uma lista única, varia de pessoa pra pessoa, o que eu colocar aqui, é opinião minha e com certeza você irá discordar de algo, então coloque sua lista nos comentários, ou comente sobre os discos, e aproveite o post 😉

1 – Mötley Crüe – Dr. Feelgood 5/5
(Leia a resenha completa deste álbum, com comentários faixa a faixa, clicando aqui)

Mötley Crüe - Dr. Feelgood

Uma das obras primas do hard rock, “Dr. Feelgood” trouxe muito mais do que milhões de cópias ao gênero. Após a “Morte por overdose” de nikki sixx, a banda se trancou numa clínica de reabilitação e lançou o que é  considerado um dos melhores álbuns da história do hard rock.

Leia o resto deste post »

Anúncios

, , , , , , , , , , , , , , , , ,

4 Comentários

(2008) Tesla – Forever More

Capa do álbum

Forever more é o oitavo álbum de estúdio da banda Tesla, lançado em 2008, após um álbum apenas de covers (Real to Reel) a banda volta com força total em um excelente disco, com muito peso e efeitos modernos na medida certa, coisa que algumas outras bandas de hard rock dos anos 80 tentaram e não conseguiram. Forever More também é o primeiro álbum da banda a ser lançado pelo seu próprio selo (Tesla Electric).

Melhor música: Fallin’ Apart


Pior música:
The Game

Todas as músicas escritas por Jeff Keith, Frank Hannon, Brian Wheat, Troy Luccketta e Dave Rude (Membros da banda) e Terry Thomas (produtor do disco).

1. “Forever More” – 5:04 5/5
A faixa título já abre com muito peso e modernidade, como uma espécie de aviso ao ouvinte do que irá encontrar pela frente, forever more tem um dos melhores refrões da atualidade, e abre o álbum com grande entusiasmo. Destaque principal fica por conta das guitarras, que soam modernas, com um grande peso, mas sem perder a essência, o que é comum nos álbuns modernos.

Leia o resto deste post »

, , , , ,

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: