Arquivo para categoria Rage Against the Machine

(1996) Rage Against the Machine – Evil Empire

Capa do album.

Conforme pedido via twitter =)

Rage Against the Machine com certeza é uma das bandas mais dificeis de se fazer um review sobre. Em cada albúm está contido um contexto político/social que é mostrado em suas letras cheias de sátiras. Portanto, caso eu deixe passar alguma coisa, mil perdões. Mas tenha certeza de que uma coisa eu vou falar bem detalhado para vocês sobre o album: Instrumental.

Mas vamos lá.

A frase “Evil Empire”(império maligno) foi uma frase usada pelo então presidente dos Estados Unidos Ronald Reagan para descrever a União soviética.

A imagem da capa é uma imagem alterada e possui Ari Meisel (um jovem que com 24 ja havia fundado 4 empresas) como protagonista. Os dizeres “Evil empire” e a letra “e” era originalmente “Crimel Buster” e a letra “C”.

Agora vamos falar de musica:

1 – People of the Sun (B)

A letra de People of the Sun é inspirada no movimento Zapatista.

O Movimento Zapatista inspirou-se na luta de Emiliano Zapata contra o regime autocrático de Porfirio Díaz que encadeou a Revolução Mexicana em 1910. Os zapatistas tiveram mais visibilidade para o grande público a partir de 1 de janeiro de 1994 quando se mostraram para além das montanhas de Chiapas com capuzes pretos e armas nas mãos dizendo Ya Basta! (Já Basta!) contra o NAFTA (acordo de livre comércio entre México, Estados Unidos e Canadá) que foi criado na mesma data.
O movimento defende uma gestão democrática do território, a participação direta da população, a partilha da terra e da colheita.

O Movimento Zapatista inspirou-se na luta de Emiliano Zapata contra o regime autocrático de Porfirio Díaz que encadeou a Revolução Mexicana em 1910. Os zapatistas tiveram mais visibilidade para o grande público a partir de 1 de janeiro de 1994 quando se mostraram para além das montanhas de Chiapas com capuzes pretos e armas nas mãos dizendo Ya Basta! (Já Basta!) contra o NAFTA (acordo de livre comércio entre México, Estados Unidos e Canadá) que foi criado na mesma data.O movimento defende uma gestão democrática do território, a participação direta da população, a partilha da terra e da colheita. ( wikipédia baby).

Ela foi escrita depois da visita de Zack de la Rocha á cidade de Chiapas, ao sul do México.

Em termos de música em si, penso que é uma ótima maneira de se iniciar o album. Com um efeito stereo, um riff de guitarra e depois uma batida funk/hip hop ao melhor estilo RATM. Tom Morello ( guitarra) como sempre inovando nos efeitos, usando wah wah no refrão. Aos 1:25 mais ou menos temos uma dinamica interessantissima na musica. Tom Morello faz um “riff”completamente dissonante, contudo, por ser Funk, esse Riff soa muito bem, coisa que apenas Tom Morello sabe fazer hehe ;D

Leia o resto deste post »

Anúncios

, , , , , , , ,

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: