Arquivo para categoria My Chemical Romance

(2004) My Chemical Romance – Three Cheers for Sweet Revenge

Por Joaora

Muitas pessoas devem estar pensando agora: “My Chemical Romance no RoqueVeloz, que lixoo”…Tenho apenas uma coisa a dizer a vocês que estão pensando nisso agora:  “Abram suas mentes cabeças de bagre, bote esse CD para tocar e curtam a boa música, independente de seu rótulo”

Segundo álbum da banda americana Three Cheers for Sweet Revenge é considerado um disco conceitual, e conta a história de um casal morto em um tiroteio, ( vale dizer que essa história começou no primeiro álbum da banda) o marido morto acaba no purgatório, separado da mulher, e o único jeito de voltar a vê-la, mesmo depois de mortos é voltando a terra e matando 1000 homems maus… Uma história digna de mangá. O som da banda mostra-se bem mais evoluído do que se comparado ao do primeiro álbum, as guitarras mais trabalhadas e as melódias e letras mais complexas… Emo ou não, de gay ou não, saiba que este segundo álbum da banda me agrada e por isso deu vontade de fazer essa resenha… Aos interessados, boa ouvida e leitura…xxD

Melhor Música: Thank You for The Venom

O poder hardcore da banda fica bem evidente nessa apresentação.

Pior Música: Hang ‘Em High


Todas as canções foram escritas por Gerard Way

1 – Helena (3:22) 5/5

O álbum abre simplesmente com o maior hit do grupo, a canção que fez as paradas da MTV estourarem. O clipe é bem elaborado e fez a carreira da banda ganhar mais status:

Helena foi o terceiro single do disco e entre os 4 singles foi o que mais bombou nas paradas americanas atingindo a modesta 33ª posição.Uma introdução lenta faz com que o ouvinte espere a explosão da música a qualquer momento, e quando ela acontece a bateria espancada por Pelissier toma uma velocidade exorbitante, diminuindo apenas no refrão que é mais lento e melódico que os versos comuns. Aliás o refrão da música é o melhor do álbum certamente, te faz querer cantar junto com a voz pouco exigida de Gerard. A fórmula da maioria das músicas do álbum é praticamente a de Helena: Versos cantados de maneira mais acelerada com uma batida rápida e um refrão mais melódico e apelativo.

Se você não gostou da primeira faixa, dificilmente irá apreciar o restante do álbum….Então pare por aqui!

Leia o resto deste post »

, , , ,

1 comentário

%d blogueiros gostam disto: