Arquivo de abril \29\UTC 2011

Anunciado o novo baterista da banda Dream Theater – Mike Mangini

Foi anunciado hoje ( 29/04/2011)  oficialmente que Mike Mangini é o novo baterista do Dream Theater através da terceira parte do documentário “the spirit carries on”, que pode ser visto no canal oficial da Roadrunner records  clicando aqui .

A banda Dream Theater, que após 25 anos de carreira com muitos álbuns lançados e alto reconhecimento pelos músicos por sua genialidade em composições melódicas e principalmente técnicas, foi surpreendida pelo seu ex baterista Mike Portnoy no dia 09/09/2010 que queria “dar um tempo” no Dream Theater para se concentrar em projetos paralelos. A banda, que não aceitou, resolveu simplesmente ir procurar um novo baterista. Ao todo, 7 caras ( que foram todos excepcionalmente ótimos nos teste, conforme podemos ver no documentário liberado pela banda) fizeram audições – 7 dos melhores bateristas do mundo. Além de Mike Mangini, estavam presentes na concorrência: Thomas Lang ,Virgil Donati,Derek Robby,Peter Wildoer, Marco Minnemann e Aquiles Priester.

Após as 7 audições, a banda anunciou hoje que Mike Mangini é  o novo baterista, através do video e através do twitter do tecladista da banda, Jordan Rudess (@jcrudess):

Jcrudess Jordan Rudess

Thanks for watching everyone1 Please welcome Mike Mangini to the Dream Theater family. Most of all-thanks to our incredible fans We love U”
Em nota: “Obrigado a todos por assistirem! Por favor, recebam Mike Mangini á familia Dream Theater. Agradecemos muito a vocês incríveis fans! Nós te amamos!”
E agora bate aquela expectativa pelo novo albúm do Dream Theater, com o novo batera: Mike Mangini!
Mike Mangini é conhecido por ter tocado com grandes nomes, como Steve VaiExtremeAnnihilatorJames LaBrie e, agora, Dream Theater .
Além disso, Mike Mangini é professor da universidade de música Berklee – onde muitos músicos do Dream Theater também estudaram.
Bem vindo, Mike Mangini! Eu, assim como muitos fãs do Dream Theater, estamos muito ansiosos para ver você em ação!

, , ,

Deixe um comentário

Roque Veloz apresenta: Os Piores Clipes do Rock #2

Enquanto houver mau gosto nos clipes de rock, aqui estaremos pra dar umas risadas!

Aqui vão mais 3 pérolas dignas de Oscar:

Kiss – Uh! All Night (1986)

Álbum: Asylum (1985)

Kiss, a banda dos clipes ruins. Isso é um fato, infelizmente. E esse aqui é dos bons, no mau sentido. Você que está lendo isso e nunca viu esse vídeo, aí vai a prova: Clique em ‘play’ e assista os primeiros 11 segundos, só isso. Ok, vamos combinar que o visual da banda na época não ajuda em absolutamente NADA, mas bailarinas em camas-carro paradas em um semáforo e fechaduras gigantes são demais pra mim. Próximo!

Momento épico: A “discreta” metamorfose de Paul Stanley nos já citados e importantíssimos primeiros 11 segundos do vídeo.

Leia o resto deste post »

, , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Morre Scott Columbus, baterista do Manowar

Com imensa tristeza venho comunicar aos leitores do blog que ontem, dia 04/04, o lendário baterista do Manowar, Scott Columbus veio a falecer.

Ainda não foram informadas a causa da morte. Em breve divulgaremos aqui no blog.

Leia o resto deste post »

, , , , , , , ,

Deixe um comentário

(02/04/2011) Ozzy Osbourne – Arena Anhembi, São Paulo, Brasil

Por Hellion

Definição de espetáculo? Sim. Espetáculo das bandas, do público, e da chuva, que também foi ver Ozzy Osbourne em São Paulo.

A chuva foi realmente um elemento de grande importância nessa noite. Durante a entrada do público na arena, que ocorreu sem maiores problemas, as nuvens já davam sinal de que ela ia aparecer, e não tardou pra que caísse um balde d’água na cabeça de cada um dos presentes, ainda antes do show de abertura. E por uma boa coincidência, a última gota de chuva caiu enquanto o Sepultura entrava no palco.

A banda é impecável, tocando um set de 13 músicas durante exatamente uma hora, começando às 20:00 e terminando às 21:00 em ponto.
Derrick Green com seu português quase hilário brincou bastante com o público, anunciando as faixas, todas executadas com perfeição. Andreas Kisser também conversou com o público, anunciando a faixa que foi tocada do novo álbum Kairos, que ainda será lançado: Seethe.
Tecnicamente impecável, apesar de eu não ser muito fã da banda.

SetList Sepultura (abertura):

Arise
Refuse/Resist
Dead Embryonic Cells
Convicted In Life
Choke
Seethe
Troops of Doom
Septic Schizo
Escape To The Void
Meaningless Movements
Territory
Inner Self
Roots Bloody Roots

Banda:

Derrick Green (Vocal)
Andreas Kisser (Guitarra, backing vocals)
Paulo Jr. (Baixo)
Jean Dolabella (Bateria)

Terminado o set do Sepultura, começa a retirada dos equipamentos da banda, até que finalmente as 21:30, ecoa pelo Anhembi a introdução “Carmina Burana” de Carl Orff, velha conhecida dos fãs do Madman, e então o velho entra correndo pelo palco levando todos à loucura com sua presença. Após os tradicionais “Go fuckin’ crazy” que só serviram pra deixar a arena inteira ainda mais em êxtase, Ozzy Osbourne instaura a loucura total com sua clássica frase “Let The Madness Begin!” seguida pelos primeiros acordes de “Bark At The Moon”. Assim mesmo, sem vídeo de introdução, sem nada, o cara “chegou chegando”.

Leia o resto deste post »

, , , , , , , , , , , , , , , ,

1 comentário

%d blogueiros gostam disto: