(1985) Dio – Sacred Heart


Por Hellion

Depois de lançar 2 clássicos seguidos, a banda Dio começa a ter problemas com o alcoolismo do baixista Jimmy Bain e com o ego do guitarrista Vivian Campbell. O resultado é um álbum na linha dos antecessores, porém, longe (mas beeeeem longe) da qualidade deles. Sacred Heart rendeu um vídeo e um EP ao vivo, e o palco da turnê contava com um dragão inflável que cuspia fogo, e diversos efeitos, sendo considerado o segundo maior palco já elaborado para uma banda de rock, perdendo apenas pra turnê de The Wall do Pink Floyd. A verdade é que Sacred Heart é um pouco cansativo, e não da pra ser classificado como bom. Mas se procurar bem, você até vai achar algumas jóias escondidas, como a faixa-título, que poderia ter saído de The Last In Line. Sem mais enrolação, vamos começar com o álbum. Look for the light and find the Sacred Heart.

Melhor música: Like The Beat Of A Heart

Pior música: Shoot Shoot

1 – King Of Rock And Roll (Dio/Appice/Bain/Campbell) (3:51) 5/5

Dio sempre preferiu começar o álbum com a música mais rápida ou pesada, e aqui não é diferente. O álbum começa com sons de platéia, e Dio anuncia o “Rei do Rock And Roll”, chegando até a enganar alguns ouvintes, já que a faixa parece realmente ter sido gravada ao vivo. Tem um riff bem construído, meio cavalgado, ótimo trabalho de Campbell, e é chover no molhado dizer que o baixinho tá cantando demais aqui. Abre bem o álbum.

2 – Sacred Heart (Dio/Appice/Bain/Campbell) (6:30) 5/5

Dando um tempo pra respirar, vem a faixa-título, no melhor estilo Dio. Aquele riff acompanhado pelo teclado, batida bem cadenciada, dragões, mágica, está tudo lá. Os teclados de Claude Schnell dão uma atmosfera bem interessante aqui, principalmente lá pro final da música, onde Dio ordena um “Attack!”, seguido pela atmosfera meio apreensiva e mágica dos teclados, grande faixa.

3 – Another Lie (Dio) (3:50) 3/5

Se não fossem os vocais de Ronnie, que nunca decepcionam, e um riff até legal por parte de Campbell, a faixa passaria despercebida. Fugindo da pegada épica e forte do Dio, temos aqui uma faixa um tanto quanto “feliz”, e que não acrescenta muita coisa ao disco. Faixa padrão.

4 – Rock ‘n’ Roll Children (Dio) (4:34) 4/5

Uma das melhores do álbum, e provavelmente a mais conhecida de Sacred Heart. Novamente com destaque para os teclados, que fazem uma base em toda a faixa. As linhas vocais acompanham o teclado de uma forma bem legal, enquanto a guitarra é responsável pelo peso da faixa, e também por um ótimo solo. O refrão, bem marcante também merece destaque. Boa faixa.

5 – Hungry For Heaven (Bain/Dio) (4:14) 3/5

Caras como Ronnie James Dio poderiam cantar “Atirei o pau no gato” e ficaria ótimo. E acredite, Dio é o único motivo para se ouvir algumas faixas desse álbum, como essa. Ok… Vivian Campbell é um ótimo guitarrista, e o solo de “Hungry For Heaven” é bom. Aliás, a dita cuja chegou a ter algum sucesso comercial, mas sinceramente, não foi merecido. O refrão enjoa, e a faixa que começa suave, te preparando pra uma baladinha, ganha um peso desnecessário. Se você está ouvindo o álbum inteiro enquanto lê, calma que a coisa já vai melhorar…

6 – Like The Beat Of A Heart (Bain/Dio) (4:26) 5/5

O até agora mediano Sacred Heart ganha um gás nesta faixa, que graças a Dio (sim, foi horrível, eu sei…) parece ter saído direto de The Last In Line ou Holy Diver. O riff mais uma vez marcado pelo teclado acompanhando a guitarra, conta ainda com a melhor linha de baixo do álbum. A música tem algumas paradas, remetendo às batidas do coração (referência ao título da faixa), que na minha opinião, foram a melhor coisa que aconteceu no álbum até aqui. Ronnie, o único que não decepcionou até agora (nem nunca), continua o ótimo nível por aqui, mas que quando a música é boa ajuda, ah isso ajuda.

7 – Just Another Day (Dio/Campbell) (3:26) 3/5

Faixa mais rápida, com um bom riff, seguindo a linha mais “feliz”, que parece predominar no álbum. Temos aqui o que chamam de os primórdios do Power Metal, em vários aspectos, apesar da letra não tratar exatamente de dragões, fantasia, magos, e coisas do tipo. O destaque fica por conta de Vivian Campbell, que resolveu tocar pra caralho, ainda sem saber que este seria seu último álbum com a banda, e que passaria anos trocando farpas com Ronnie na imprensa.

8 – Fallen Angels (Dio/Appice/Bain/Campbell) (4:03) 4/5

Mais uma que tem uma pegada mais clássica do Dio, riff pesado, e Ronnie cantando muito, ou seja, tudo nos conformes. Entraria na linha do sucessor Dream Evil (1987), principalmente pelo já citado riff, que lembra muito o trabalho de Craig Goldy. Longe de ser uma “Rainbow In The Dark”, mas ainda assim, é uma boa faixa.

9 – Shoot Shoot (Dio/Appice/Bain/Campbell) (4:20) 2/5

Caro visitante do Roque Veloz, que teve saco pra ouvir esse disco e/ou ler essa resenha até aqui, deixe-me perguntar-lhe: Dá pra levar a sério uma música chamada “Shoot Shoot”? Bom, deixando a ironia de lado, o fato é que esse riff no começo me lembra uma música que eu abomino, a gloriosa “Bang Bang You” do Kiss, presente no álbum Crazy Nights de 1987. Pode até não ser exatamente parecido, mas a pegada hard rock forçada é a mesma, o que todos nós sabemos perfeitamente, não combina com Dio. E pra completar, o título da faixa, que eu já zoei no começo, não para de ser repetido. Levando-se em conta que o álbum como um todo, não é lá essa maravilha toda, nada como fechar o álbum com a pior de todas. Assim termina o álbum menos inspirado de Dio nos anos 80.

Média do álbum: 7/10

“FINIS PER SOMNIVM TIBI SACRA COR VENEFICVS OSTIVM AVRVM”

“Vem o fim pela morte, prepararei para você o Sagrado Coração que libertará a mágica e a mudança.”

(Frase em latim na borda da capa de Sacred Heart e sua tradução.)

, , , , ,

  1. Tweets that mention (1985) Dio – Sacred Heart « Roque Veloz /,,/ -- Topsy.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: