(1989) Warrant – Dirty Rotten Filthy Stinking Rich


Por Joaora

Primeiro álbum de uma das bandas mais consagradas do Hard Rock americano. Graças a ele o Warrant conseguiu algumas turnês dignas ao lado de Queensryche, Paul Stanley e Mötley Crüe. 2x disco de platina foi aclamado por fãs de Hair Metal na época de seu lançamento e é considerado por muito o melhor trabalho da banda! Um som festivo e animado pode ser percebido aqui, rocks despretenciosos e clássicos também… Vale dizer que os 4 singles escolhidos pela gravadora chegaram e atingiram boas posições nas paradas americanas… Sem mais enrrolação, vamos falar sobre Rock’n Roll!!

Melhor Música: Big Talk

Pior Música: Ridin’ High

Todas as canções foram escritas por Jani Lane.

1 – 32 Pennies (3:08) 5/5

Abrimos o álbum com um de seus destaques. O Warrant diz “Alô” ao mundo com uma música de letra maliciosa e pouco inspirada, o próprio nome da canção já da amostras disso. Os riffs aqui, são curtos e cadenciados, ambos da guitarra e do baixo. Os backing vocals, presentes em um refrão simples, mas  marcante se tornam um destaque positivo… Ótima abertura!

2 – Down Boys (4:09) 5/5

Entramos na 2ª faixa, o 2ª single do álbum que chegou a entrar e atingir uma boa posição nas paradas tanto americanas quanto britânicas. Aqui nos deparamos com outra letra referente a sexo, marca registrada da banda que fica longe das letras sérias, meritos a Jani Lane compositor de grande parte das músicas. A empolgação, contida pelos riffs curtos e leves na música anterior é extravagada pela banda aqui, principalmente no refrão, que é algo sobrenatural de tão chiclete que é:

When The Down Boys Go! (Gooo)

When The Down Boys Go (Gooo)

Where The Down Boys Go I Wanna Go Where

The Down Boys Go Baby

Esses versos ficarão em sua cabeça por um longo tempo! Vale dizer que a linha de  baixo de Jerry Dixon é uma das melhores do álbum aqui, audível e por vezes simples, toda via bem tocada… Os teclados também aparecem, de uma maneira tímida ainda, mas notáveis.

3 – Big Talk (3:43) 5/5

Chegamos no ápice do álbum logo na 3ª canção. A introdução de Big Talk é uma das coisas mais lindas que essa banda chamada Warrant já fez na vida! A bateria sendo espancada por Steven Sweet em constraste com o mini-solo de Joey Allen é um ótimo momento. O vocalista Jani Lane interpreta de uma maneira só dele essa música, canta muito bem aqui, participa de menos de 50 % do refrão cantado quase inteiramente pelos backing vocals, talvez por ser cantado por um monte de vozes isso faz o ouvinte querer soltar a voz junto, após a segunda repetição do refrão é ímpossivel não cantar junto….ÍMPOSSÍVEL! Aqui certamente é uma das músicas mais trabalhadas do álbum, ao menos, pelo guitarrista Joey Allen que faz um belissimo solo em sua guitarra, a técnica não super aprimorada, mas ele mostra sua qualidade aqui. Outro refrão digno, que te faz esquecer do da música anterior será escutado aqui e adentrará as profundezas de seu cerebelo!Vale dizer que entre os 4 singles lançados Big Talk foi o que menos fez sucesso nas paradas…Plena Injustiça!

4 – Sometimes She Cries (4:44) 5/5

No 4ª Tape nos deparamos com a primeira balada , 4ª single, que fez um relativo sucesso nas paradas americanas. Junto com  as 3 canções anteriores forma o grande momento do álbum, um momento repleto de clássicos…Como a canção anterior, nota-se outra música bastante trabalhada pela banda, algo mais “maduro”, que abandona as letras que falam sobre sexo. Os teclados aqui agora podem ser notados durante toda a execução da  música, tocando uma linha melancólica e melosa. O refrão não é daqueles de fechar os olhos pra cantar junto, sendo na minha opinião meloso de mais, até para uma balada, os backing vocals muito forçados…Toda via, ainda continua bom. Ouvir essa música duas vezes pra mim representa o suícidio de tão melosa que ela é, da até desanimo!… A linha simples do baixo de Dixon deixa as guitarras em alguns momentos em segundo plano estando um tom acima. O solo de Allen também é bom e encerra a música de uma boa forma!

5 – So Damn Pretty ( Should be Against the Law) (3:33) 4/5

A qualidade cai um pouco após a 4ª música… Meio natural, após uma enorme quantidade de coisa boa. O sexo volta a ser o alvo da letra escrita por Jani Lane. So Damn Pretty é mais acelerada do que as músicas anteriores, os riffs das guitarras fazem isso, junto com a batida rápida da bateria de Sweat. A canção passa de uma maneira rápida, dando a impressão de ter menos minutos do que realmente tem. O solo de guitarra aqui é o maior do álbum, tendo quase 1 minuto de duração e é o ápice da canção. Resumindo, não fica na memória após a audição completa do álbum, mesmo sendo uma boa música.

6 – D.R.F.S.R (3:17) 4/5

O nome da música faz referência ao nome do álbum abreviado. O refrão da canção é a melhor parte desta canção, que é pouca inspirada e despretenciosa. As guitarras de Allen e Erick Turner estão bastante presentes aqui com um peso ainda não visto no álbum. Já que falei de Eric Turner, por vias de curiosidade, o guitarrista disse em uma entrevista que seu maior ídolo é Joey Allen seu companheiro de banda, fato interessante!

7 – In the Sticks (4:06) 4,5/5

A qualidade simplesmente sumiu das duas músicas anteriores, mas para a alegria de você que está ouvindo o álbum e lendo isso agora, a coisa melhora aqui! A canção é quase toda voltada para o dueto do vocalista Lane com o riff simples das guitarras de Allen e Turner, metade da música parece ser feita para que o ouvinte reparasse nessas duas coisas! Os backing vocals voltam a aparecer com perfeição aqui, após algum tempo. Música simples, não muito técnica ou complexa, toda via ótima!

8 – Heaven (3:57) 5/5

Primeiro vamos aos números: 1ª single do álbum, atingiu 2ª e 3ª posições nas paradas americanas e britânicas respectivamente, certamente o segundo maior sucesso da carreira do Warrant ( Logo apos Cherry Pie), desde 1989 está sempre presente no set list da banda em apresentações ao vivo, simplesmente hino entre os fãs. Heaven é um clássico que certamente foi curtido por muitos adolescentes apaixonados no fim da década de 80. A letra mostra que Jani Lane é também um belíssimo compositor, além de um bom vocalista. É mais inspirada que a balada anterior (Sometimes She Cries), já que possui um refrão pesado, cantado por backing vocals inspirados. A transição do verso comum para o refrão pesado é um grande momento! Os teclados voltam a aparecer aqui, bastante audíveis, dando um brilho a mais na música. Por vezes tocada com o violão, por vezes com a guitarra, a banda aqui mostrava a qualidade que tinha em compor baladas, algo que ficou mais registrado depois de alguns anos de estrada!

Feche os olhos e curta uma das melhores baladas que o Rock’n Roll já nos presenciou!

9 – Ridin’ High (3:06) 4/5

Aqui o rock despretencioso desanda de vez. A 9ª faixa parece uma brincadeira dos integrantes da banda. A música não é ruim, mas por estar em um álbum repleto de clássicos não é memorável e não possui caractersticas fortes presentes em outras canções, como backing vocals bem encaixados e refrão grudento e empolgante! Disparada a pior do álbum!

10 – Cold Sweat (3:32) 4/5

Para encerrar: Cold Sweat, que volta a falar do que a banda mais gostava de falar: Mulheres e sexo! Em seu começo a banda faz com que quem está ouvindo ameace o começo de um bangueamento, ( balançar cabeça pra frente e pra trás) a batida é propricia para tal. Com o decorrer da canção ela vai ficando mais comum… Mais farofa e mais despretenciosa. Do meio para o fim, a qualidade aumenta um pouco, mas o som farofa se sobressai!…Encerra bem o álbum, mostrando todo o poder do Hard Rock festeiro da banda!

Média do Álbum : 8,5/10

A banda com uma de suas Grupies!

“I DON’T NEED TO BE A SUPERMAN

AS LONG AS YOU WILL ALWAYS BE MY BIGGEST FAN”

 

, , , ,

  1. #1 por Metal Mike em 13/08/2011 - 2:18

    Sensacional esse disco do Warrant.

    Que pena que acabaram as chances de uma reunião agora que o Jani Lane se foi.

    Descanse em paz, Jani.
    “Heaven isn’t too far away..”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: