(1957) Elvis Presley – Jailhouse Rock (EP) + (1957) Prisioneiro do Rock – Filme (Jailhouse Rock)


 

Capa do álbum (Versão de 1997)

 

Falar de Elvis não é fácil, afinal o cara foi e continua sendo o Rei do Rock, e não tem outro adjetivo que eu possa descrevê-lo se não este: FODA. Elvis Aaron Presley ficou conhecido por sua carreira de ator e cantor no início da década de 50. Com seu jeito único de cantar e sua surpreendente voz, Elvis tocava versões de seus compositores favoritos e atingiu a fama, sendo um dos artistas mais vendidos e tocados até hoje no mundo inteiro. Jailhouse rock é um Ep de 5 faixas que também é trilha sonora do filme de mesmo nome (Traduzido para O Prisioneiro do Rock, aqui no Brasil) e foi o compacto duplo mais vendido durante muito tempo.

Melhor música: Jailhouse Rock

Pior música: I Want To Be Free

Lado A

1.Jailhouse Rock (Jerry Leiber and Mike Stoller)2:26 5/5
Uma das músicas de maior sucesso da carreira do Rei, foi uma das primeiras músicas com a famosa técnica de “Slide de Acordes” era uma música até que “pesada” para a época só que com o passar do tempo várias versões foram apresentadas ao mercado desde Celine Dion, passando por ZZ Top, até Mötley Crüe, só pra citar alguns, sendo deste último o maior destaque, pois conseguiu unir a essência da música e adicionando um toque de hard rock, fazendo com que a música já boa, ficasse melhor.

2.Young And Beautiful (Aaron Schroeder and Abner Silver) 2:02 5/5
É aqui que o jovem Vincent(personagem de Elvis no filme “O prisioneiro do Rock”) logo após ser preso, mostra o que sabe de música ao seu companheiro de cela, que era um famoso músico de country na década anterior, a faixa possui apenas o acompanhamento ao violão, com a inconfundível voz de Elvis interpretando a música a fundo, digna de emoção, lembra muito também outro sucesso do Rei, “Love me tender”.

Lado B

1.I Want To Be Free (Jerry Leiber and Mike Stoller) 2:12 4,5/5
Com um estilo em que o Rei mesclava o som das duas anteriores (Jailhouse Rock com Young And Beautiful) nos leva a uma batida um pouco mais agitada, só que ainda com cara de balada, é uma boa música, mas não das mais geniais do álbum, sua letra fala sobre os limites traçados pela sociedade perante certas regras, que no filme, foi incluída quando o personagem de Elvis estava preso, e não aguentava mais a cadeia, por isso cantava, “Quero ser livre, como um passáro na árvore”.

2.Don’t Leave Me Now (Aaron Schroeder and Ben Weisman) 2:05 4,5/5
Com uma introdução ao piano e uma banda competente o Rei mostra aqui seu jeito único de cantar, fazendo versões em cima de alguns blues, no filme é a primeira canção que Vincent grava, mas acaba sendo recusada pelas maiores gravadoras por não ser um artista de renome, a canção acaba sendo “roubada” por executivos para lançarem sob o nome de um artista já famoso e antigo da gravadora.

3.(You’re So Square) Baby I Don’t Care (Jerry Leiber and Mike Stoller)1:51 5/5
O Famoso clipe de Elvis na beira da piscina, com uma letra agitada e um riff de baixo espetácular para a época, que foi tocado pelo próprio Elvis, porque o baixista Bill Black, não conseguia “tocar de forma satisfatória” e isso mostra porque Elvis se tornou o ícone que é hoje, a música fecha com louvor o EP mais vendido da década de 50, e faz jus a primeira posição em diversos países, vale também a conferida nas versões do Queen, e do Led Zeppelin para essa música nos dois vídeos abaixo.

Queen:
Led Zeppelin:

Lançada em single

Treat me Nice (Jerry Leiber and Mike Stoller) 2:10 5/5
Seguindo na levada Rockabilly dos anos 50, a música mostra uma letra inocente e uma pegada dançante apenas com o contra-baixo e o piano ao fundo, o destaque não poderia ser outro a não ser a voz de Elvis, clássico absoluto.

Média do álbum: 9/10

(1957) Prisioneiro Do Rock (Jailhouse Rock)

Trecho do filme:

Os filmes do começo da carreira de Elvis até tem uma certa cara de Tela Class (Assim como a maioria dos filmes da década de 50/60), mas muito mais do que um “clássico”, o filme tem uma história envolvente e não ultrapassada, “Prisioneiro do Rock é o 2º filme da chamada “Trilogia Rebelde”, onde mostra o rei em diversos personagens “transtornados”, aqui ele vive Vince Everett, que após matar um cidadão inocente com alguns socos (Tá, eram os anos 50…deve-se levar em consideração algumas coisas um tanto quanto “inocentes”, como um soco matar um cara) e na cadeia acaba conhecendo Hunk Houghton (Mickey Shaugnessy) que era um antigo artista de sucesso e acaba lhe ensinando algumas coisas sobre o show business e a tocar violão. Quando Vince sai da cadeia tem apenas um pensamento, “Fazer música para ganhar dinheiro” e nessa empreitada acaba conhecendo “Peggy Van Aldern” (Juddy Tyler) e após algumas tentativas da dupla de vender alguma música e acabarem sendo “roubados” por uma grande gravadora, os dois investem em sua própria gravadora e acabam fazendo muito sucesso, o filme vai decorrendo e mostra o que uma vida de excessos poderia fazer, claro que nos anos 50 os únicos valores mostrados eram o de família e verdadeira amizade, que são o que verdadeiramente importam, se o filme fosse ambientado nos anos seguintes (décadas de 60/70/80) certamente víriamos vários personagens drogados, algumas overdoses e tudo que já se conhece sobre abusos e muito dinheiro, o que nos mostra que a inocência dos anos 50 realmente foi “perdida” pelo caminho, o que pode ser considerada uma evolução ou um passo pra trás, no mais, assistam ao filme, é um pequeno pedaço da obra de Elvis que mereçe elogios, só peca em alguns detalhes e ao seu final, que chega de repente, parecendo que o filme tinha “estourado” o tempo estipulado pelo estúdio.

Nota: 7/10

 

Elvis não morreu! - O Eterno Rei do Rock em uma cena do filme "Prisioneiro do Rock" (Jailhouse Rock)

 

, , , , , , ,

  1. #1 por Bella em 16/10/2010 - 0:49

    Óia o nível manolo!
    Elvis visitaria muito o RV cara. Ou não.
    Mas ele está olhando por nós. Amém.

  1. Tweets that mention (1957) Elvis Presley – Jailhouse Rock (EP) + (1957) Prisioneiro do Rock – Filme (Jailhouse Rock) « Roque Veloz /,,/ -- Topsy.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: