(2008) Nickelback – Dark Horse


Capa do álbum

Se você acha que Nickelback é apenas mais uma banda “mela-cueca” que só toca músiquinhas pops, está totalmente enganado. Sim, em todos os álbuns da banda existem 4 ou 5 músicas totalmente comerciais e feitas para tocarem nas rádios, mas o que a maioria dos ouvintes não conheçe é o lado pesado da banda, que foi muito mais abordado durante este disco.

Melhor música: Gotta Be Somebody

Pior música: Shakin’ Hands

1.”Something in Your Mouth” (Kroeger,Robert John”Mutt”Lange) 3:38 5/5
Logo de cara a banda tenta deixar a impressão de “banda bonitinha” de lado, com um riff pesado, vocais rasgados e bem cantados de Chad Kroeger e uma letra um tanto quanto sacana, Something In Your Mouth abre o álbum com maestria.

2.”Burn It to the Ground”(Kroeger) 3:30 5/5
Outro pesado riff, que nos remete aos tempos de “St. Anger” do Metallica, dá continuidade ao álbum, quem esperava apenas baladas bonitinhas que agradam a todos se surpreende muito ouvindo o álbum, destaque para o refrão muito bem cantado.

3.”Gotta Be Somebody”   (Kroeger) 4:13 5/5
Primeira balada e single do álbum, agora sim a banda faz jus à fama que tem, a música não chegou a fazer tanto sucesso como outras da banda como “Far Away”, mas mesmo assim chegou ao top 10 das paradas diversas vezes. A música tem um estilo parecido ao primeiro sucesso da banda, “How You Remind Me” só que com um peso a mais, destaque mais do que merecido para o refrão, que é simplesmente fantástico.

“‘Cause nobody wants to be the last one there.
‘Cause everyone wants to feel like someone cares.”

4.”I’d Come for You”       (Kroeger,Lange)    4:22 5/5
Com outra balada mas sem deixar cair o ritmo, o Nickelback mostra o porque consegue agradar a gregos e troianos, mesclando estilos totalmente diferentes em um único cd, como pop, hard rock, heavy metal e country em uma harmônia perfeita. A música tem também como compositor o lendário produtor John “Mutt” Lange, que ficou conhecido por seus trabalhos nos anos 80 com o Def Leppard.

5.”Next Go Round”       (Kroeger) 3:43 5/5
Outro riff a lá metallica, só que desta vez da fase “Load/Reload”, durante os versos os vocais tem um efeito de abafado que acabam durante o refrão, dando a impressão de um ganho na música, é muito semelhante a Burn It To The ground, mas é uma ótima música.

6.”Just to Get High”       (Kroeger) 4:02 5/5
Outra música que lembra os tempos antigos da banda, “Just To Get High” tem muitas semelhanças com uma de suas músicas antigas, “Too Bad”, e tem uma pesada, porém realista letra, onde o vocalista narra como seu amigo entrou no mundo das drogas e fazia de tudo para ficar chapado (Just To Get High), começando com pequenos furtos, chegando a matar pra conseguir suprir seu vício. Boa música, destaque também para o solo de guitarra extremamente inspirado.

7.”Never Gonna Be Alone” (Kroeger,Lange) 3:47 5/5
Voltando ao clima meloso e pop, mas sem perder a qualidade, Never gonna be alone é uma outra balada do álbum, e com uma letra romântica, a banda mostra que mesmo músicas feitas para tocarem nas rádios podem ser extremamente agradáveis de se ouvir, um dos melhores momentos do álbum.

8.”Shakin’ Hands” (Kroeger, Lange) 3:39 4/5
Um riff que chega a lembrar um country com um pouco de peso a banda mostra extrema competência ao executar shakin hands, que também possuí uma polêmica letra, que conta a difícil jornada para se conseguir fazer algum dinheiro em hollywood quando você não tem um rostinho bonito, ou quando não há ninguém conhecido para te ajudar a entrar em algum lugar, com dinheiro.

9.”S.E.X.”  (Kroeger) 3:53 5/5
Um rápido riff de baixo e uma explosão de peso definem um dos melhores momentos da banda, que acontece em “S.E.X.”, com outra letra sacana, mas desta vez explorando o tema bem abertamente, destaque para o solo de guitarra e todo o talento de Chad Kroeger, que prova não ser apenas um vocalista de uma banda totalmente versátil e capaz de atingir a todos os públicos do rock no geral.

10.”If Today Was Your Last Day”   (Kroeger) 4:07 5/5
Com uma outra balada radiofônica, porém excelente o álbum prossegue de forma magistral, If Today was your last day consegue provar que mesmo após 9 faixas excelentes a banda ainda tem gás pra manter o ouvinte interessado. A música passa a mensagem já batida, mas que não tem nenhum um vestígio de mentira, Viva cada dia como se não houvesse amanhã, pois pode mesmo não haver.

11.”This Afternoon”   (Kroeger, Lange)     4:34
5/5
E para encerrar com chave de ouro, uma divertida semi-balada com clima de festa e descontração, this afternoon encerra um trabalho não menos do que excelente de uma banda subestimada, que mostra ser capaz de agradar desde o ouvinte mais simples até aquele mais enjoado, em um álbum bem diversificado e muito bem produzido por “Mutt” Lange, que merece um destaque a parte, muito mais do que recomendado, “Dark Horse” é um disco para se ouvir do início ao fim diversas vezes, ideal para deixar em um canto na cabeçeira, ou para tocar no carro.

Média do álbum: 10/10

Pior música: Shakin’ HandsPior música: Shakin’ Hands

, , , , , ,

  1. #1 por Isabella Brendler em 08/08/2010 - 15:28

    Nickelback é foda \m/

  2. #2 por Anderson Ribeiro em 21/08/2010 - 22:22

    Dark Horse é TOP do Nickelback, ninguem pode negar… uma música melhor atras da outra. Burn❤
    Pra quem acha que eles ficam só nas baladinhas, vão se surpreender com a quantidade e qualidade das música mais pesadas.
    Nota 10, sem a menor dúvida.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: