(1981) Accept – Breaker


Capa

Tenho medo de falar sobre esse disco. Saiba que tudo o que eu disser aqui, é totalmente inmáximo, pois é ímpossivel expressar em palavras a foditude deste maravilhoso álbum.

Breaker é pra mim um dos melhores CDs da história do Heavy Metal, sendo um dos melhores da banda, aqui eles estavam totalmente mais maduros e capazes do que no disco anterior…. Aqui o Accept definitivamente entrava no estrelato. É o 3ª disco dos caras que arrebentou hits nas paradas como Midnight Highway e Breaker. Para quem nunca ouviu essa pérola, não perca tempo, você ainda pode pular e berrar junto com Udo e sua trupe!

Melhor Música: Midnight Highway

Pior Música: Down and Out

1 – Starlight – 3:52     4,5/5

Um dos melhores riffs de guitarra tocado por Hoffmann no álbum dá o ínicio deste. Starlight tem uma pegada pesada e um Udo de voz agressiva. A primeira música é uma boa abertura para Breaker, e representa bem o que será o álbum: pesado, cru e direto! O baixo aqui, tocado por Baltes tem uma linha audível e agressiva seguindo a bateria espancada por Kaufmann.


2 – Breaker – 3:35      5/5

A faixa título é uma das melhores faixas de Breaker. O grande destaque fica por conta das baquetas de Kaufmann que toca uma bateria que dita um ritmo totalmente acelerado para a música. Hoffmann é craque em fazer riffs grandiosos, mais uma vez vale ser ressaltado aqui. O refrão de Breaker também é algo contagiante. Uma ótima música que empolga e muito quem está ouvindo… Peter Baltes, mais uma vez aqui toca um baixo agressivo, a exemplo do riff da guitarra de seu parceiro e guitarrista Hoffmann.

3 – Run if You Can4:49     5/5

Um riff de guitarra mais simples do que os dois das faixas anteriores, mas igualmente belo. Run if You Can, é mais cadenciada, tendo seu ápice no refrão bem cantado por Udo... Uma boa música em que o baixinho e gordinho (Udo), mostra toda sua capacidade vocal. Algo que virou marca da banda, sua voz rasgada e agressiva.

4 – Can’t Stand the Night- 5:23     5/5

A 4ª faixa do álbum é uma balada típica das bandas de metal. Quebra o ritmo pesado do álbum, além de ter uma letra mais “suave” do que as anteriores. Can’t Stand the Night é ótima. O Baixo de Baltes, se destaca mais do que as guitarras de Hoffmann e Fisher aqui, estando sempre bem audível e presente, fazendo um riff simples, porém bem executado. Udo beira a perfeição aqui, sua voz alcançando notas extremamente altas. O Ínicio de Breaker, leva o ouvinte pensar:  QUE PUTA DISCO!

5 – Son of a Bitch – 3:52      5/5

Lá em cima no inicio deste post, quando tive que escolher a melhor música, a escolhida(Midnight Highway) e Son of a Bitch batalharam intensamente em minha cabeça por um lugar ali. Son of a Bitch é sensacional. Sempre quando a escuto bangueio pra caralhooo e grito a plenos pulmões: SON OF A BITCH, KISS MY ASS, SON OF A BITCH. Uma das melhores músicas já feitas pela banda, com um refrão totalmente grudento e de letra totalmente interessante e idiota…xxD…Son of a Bitch faz quem a está escutando querer sair quebrando tudo por ai, chutando bunda de emos. Totalmente foda… Se prepare que você estará dentro de instantes com o refrão eternamente dentro de sua cabeça, e sempre quando tiver que xingar alguém se lembrará dessa pérola…..LET’S GET ROCK….SON OF A BITCH, KISS MY ASS, SON OF A BICTH!

6 – Burning – 5:13     4/5

Após a fodástica Son of a Bitch vem Burning, que em termos de qualidade é muito inferior à sua anterior. O grande destaque aqui fica por conta da linha de baixo de Baltes, bela e bem executada. O solo de guitarra também é um dos pontos altos da música. O refrão é bom, muitas vezes cantado, toda via não chega a enjoar.

7 – Feelings – 4:48     5/5

Baltes mais uma vez merece ser lembrado, aliás aqui certamente é o álbum onde o baixista mais ta inspirado. A introdução de Feelings tem uma linha de baixo avassaladora. O refrão é um dos mais belos do álbum: empolgante e grudento. Udo canta aqui com sua caracteristica mais memóravel:  sua voz rouca e agressiva.

Uma observação….. Certamente ainda aqui você estará cantando….Son of a Bitch, Kiss My Ass…..Isso é plenamente normal….xxD

8 – Midnight Highway – 3:58     5/5

Eis aqui o ápice. Midnight Highway lembra em muitos pontos um Hard Rock de primeira. Indo direto ao ponto, Midnight Highway é uma puta música que te faz pirar. E adivinha qual é seu destaque? Novamente o grandioso Peter Baltes, mas agora não por tocar seu instrumento, o baixo, ( não que a linha do baixo esteja ruim, por ao contrário, está muito bem tocada, além de ser simples) mas sim por dar voz ao refrão da música, que certamente é o ponto mais alto desta! Um clássico absoluto do Accept, mesmo não tendo um puta riff de guitarra e/ou um puta solo. Mas em sua essência e melodia Midnight Highway é perfeita.

9 – Breaking up Again – 4:37     5/5

E num é que o baixista se empolgou? Aqui na 9ª canção do álbum a voz principal é de Baltes… Voz que aliás está ótima, não é rasgada e grave que nem a de Udo e como Breaking up Again é uma balada isso foi um belo fator que somou pontos à música. Inteiramente a canção é um duet entre a voz do baixista e o violão de Hoffmann, em seus minutos finais o guitarrista volta a pegar a guitarra para fazer um belo solo, calmo e cadenciado pela suave bateria de Kauffmann. Outra balada excepcional do Accept.

10Down and Out – 3:44     4/5

Kauffmann dá a introdução aqui, socando sua bateria. Down and Out é de longe a música menos inspirada do álbum. Sua pequena introdução é o ápice da música. O restante dos minutos passam lentamente e arrastados como que forçadamente. Encerra de uma maneira ruim esse magnifíco álbum desta banda que é uma das mais importantes no cenário alemão!

Todas as músicas foram escritas pelos integrantes da banda!

Média do Álbum: 9,5/10





, , , ,

  1. #1 por Igor Maxwel em 16/06/2015 - 18:02

    Eu jamais recomendaria este disco para os que querem conhecer o Accept e se divertir com o som deles. Eu recomendaria mais é o “Balls to the Wall”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: