(1989) Danger Danger – Danger Danger


Capa

1989 e o Danger Danger se apresentava ao mundo com seu disco de estreia. Um puta disco que continha um Hard Rock festeiro e farofa, como muitos CDs vistos na época de ouro do Glam Metal! A banda continua na ativa até hoje, mas muitos consideram esse seu primeiro trabalho com sendo a definitiva obra prima. Danger Danger nunca foi um grande sucesso de vendas e de mídia ( mesmo fazendo um relativo sucesso), após o lançamento do álbum a banda saiu em uma turnê, onde abria shows de bandas como Kiss e Warrant!

Melhor Música: Rock America


Pior Música: Live it Up


1 – Naughty Naughty (4:50)     4,5/5

A banda se apresenta ao mundo com uma das músicas que mais fizeram sucesso entre os fãs. Naughty Naughty é o segundo single do álbum e tem uma bela introdução, ressaltando o baixo de Bruno Ravel. Tem um refrão daqueles que te fazem cantar junto após a primeira repetição. É uma boa música. Bruno Ravel aqui está com uma boa linha de baixo, bastante audível e bem executada!

2 – Under The Gun (4:39)    5/5

Eis aqui uma das melhores músicas do álbum… Under The Gun tem sua introdução dada por um ótimo teclado tocado por Kasey Smith, o que é certamente o destaque da música a presença forte do teclado! O solo de guitarra aqui é muito bem executado por Andy Timmons, simplesmente fantástico. Como a canção anterior tem um belo refrão que gruda em sua cabeça.

3 – Saturday Nite (4:17)     4/5

Saturday Nite tem um clima e uma letra mais festiva do que as canções anteriores. O riff da guitarra aqui tocada por Bruno Rey é simples. Vale dizer que ambos guitarristas Bruno Rey e Andy Timmons tocam no álbum, mas eles não estão na banda ao mesmo tempo, sendo assim, há músicas tocadas por Timmons e músicas tocadas por Bruno e essa é uma dessas. Os backings vocals aqui são o destaque!

4 – Don’t Walk Away (4:55)     5/5

A primeira balada do disco. Don’t Walk Away é pesada na medida certa e como 99% das baladas fala sobre amor, possui uma letra belissíma, certamente a mais bonita do álbum. O riff leve da guitarra de Timmons e do baixo de Ravel além das batidas leves na bateria de Steve West dão um belo clima down para a música!

5 – Bang Bang (3:56)     5/5

Primeiro single do álbum. Não é atoa que Bang Bang foi escolhida como single. Entra no patamar das melhores do álbum facilmente! Aqui a linha do baixo está ótima, o vocalista Ted Polley está em uma das melhores apresentações e o mini solo de Timmons é ótimo. Os backing vocals voltam a ativa aqui, e estão muito bem cantados! Ótima música!

6 – Rock America (4:56)    5/5

Rock America tem uma letra sensacional que fala sobre a própria banda, e cita Elvis e The Beach Boys. A melhor música do álbum pra mim tem como grande destaque o refrão cantado a belos pulmões por Ted Polley sendo ajudado por ótimos backing vocals. O teclado aqui volta a aparecer. O riff da guitarra é acelerado e o solo aqui presente tocado por Bruno Ravey é o melhor do álbum…Como eles próprios dizem aqui: We’re Gonna Rock America!…….PORRA!….A sexta música do álbum te deixa totalmente empolgado e junto com as duas canções anteriores forma o melhor momento do álbum!

7 – Boys Will be Boys (4:58)     4/5

Uma boa música que contrariando as músicas anteriores não possui um belo refrão, mas isso não a estraga totalmente ja que alterna entre alguns bons momentos que tem como destaque a guitarra de Bruno Ravey!

8 – One Step From Paradise (4:46)    5/5

Desde o primeiro dia que ouvi está música eu digo que ela será a trilha sonora do meu casamento! One Step From Paradise é a segunda balada do álbum e como a balada anterior tem uma bela letra e também uma ótima melodia! Deixa quem a está ouvindo totalmente em êxtase, emocionado!…Ótimo teclado, ótimo baixo,ótimo solo de guitarra e ótima batida…Ted Poley beira a perfeição aqui….Resumindo…PERFEITA…..*-*

9 – Feels Like Love (4:51)     5/5

Feel Like Love pode ser considerada uma Semi-Balada, já que é lenta e quase pesada ao mesmo tempo!… Tem um belo refrão e diz ao mundo que o Danger Danger seria uma belíssima banda para compor músicas lentas e românticas! Os backing vocals aqui estão presentes em grande parte da música e são muito bem cantados. O solo de guitarra é explendido! Uma ótima música que junto com a anterior te deixa totalmente em êxtase!

10 – Turn it On (3:40)    4/5

A décima música do álbum tem em seu riff de guitarra e em sua linha de baixo, totalmente simples, (mas que quando tocados juntos se tornam interessantes) seu destaque. Tem um belo refrão cantado em coro. Totalmente farofa e despretenciosa….xxD

11 – Live it Up (3:53)     4/5

Um álbum dessa plenitude como Danger Danger teria que ser encerrado por algo mais digno do que Live it Up, a música não é totalmente ruim. Tem um dos riffs de guitarra mais aceleradas do album e uma bateria selvagem. O refrão como a maioria das músicas  é bem cantado e se torna o destaque… Uma boa música, mas não pra encerrar esse espetacular álbum!

Todas as músicas foram escritas por Bruno Ravel e Steve West!

Média do Álbum: 9/10

, , ,

  1. (1989) Os Dez Melhores Álbuns « Roque Veloz /,,/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: