(1989) Pretty Boy Floyd – Leather Boyz With Electric Toyz


Capa do álbum

Leather Boyz With Electric Toyz é o álbum de estréia da banda norte-americana Pretty Boy Floyd, lançado no auge do Hair Metal, o álbum conta com as grandes características comercias do gênero, músicas festeiras com letras divertidas e descompromissadas, somadas a algumas baladas o disco tem a fórmula certa de sucesso da época, o álbum chegou a figurar entre os mais vendidos dos EUA, mas a banda sumiu após algum tempo, mesmo tendo lançado bons álbuns, uma pena.

Melhor Música: 48 Hours

Pior Música: The Last Kiss

1. Leather Boyz with Electric Toyz 5/5
Com sons sombrios a introdução vai se desenrolando até o resto da banda entrar e mandar ver o que vai ser o álbum inteiro, letras empolgantes e divertidas, coro bonitinho no refrão grudento, belo solo de guitarra e tudo mais que manda o figurino do Hair Metal, a faixa título do álbum mostra que a banda poderia ter ficado na cena por bastante tempo, não fosse o excesso de repetição da banda e a dominação do grunge pela Mídia.

2. Rock and Roll (Is Gonna Set The Night On Fire) 5/5
Primeiro single do álbum, alcançou certo sucesso com a circulação do vídeo pela MTV,    é uma bela música, apesar de usar a fórmula batida de música alegre com solo simples e refrão em coro que gruda na cabeça.

3. Wild Angels 5/5
Primeira balada do álbum,poderia certamente ter sido lançada como single, pois tem um forte apelativo comercial (como o resto do álbum) ganha um certo peso na hora do refrão, que é um dos destaques da música.

4. 48 Hours 5/5
Contagiante, com um ritmo alegre e refrão em coro e agitado, com direito até a parada clássica para a repetição do refrão apenas com a bateria e o baixo ao fundo, 48 hours é um hino do hard rock festeiro, e tem uma letra bastante divertida, onde um dos motivos para aguentar uma semana inteira de estudos e trabalhos são as 48 horas do fim de semana, também está presente na trilha sonora do filme “Karate kid 3”.

5. Toast of the Town (Mötley Crüe cover) 5/5
Apesar de ser um cover, a música tem a cara da banda, que deixou a música menos pesada e mais festeira, e mostra a competência da banda para deixar qualquer coisa com a sua cara, mas certamente poderia ter ficado de fora para alguma composição própria da banda.

6. Rock and Roll Outlaws 5/5
Com um dos riffs mais pesados do álbum, “rock n’ roll outlaws” é uma das faixas mais pesadas do álbum e mais parece uma continuação de rock and roll (Is Gonna Set The Night on fire), por isso fica um destaque negativo da repetição neste álbum.

7. Only the Young 5/5
Outra música com as características mostradas ao decorrer do álbum, Only The Young é um hard rock despretencioso e divertido, que faz o ouvinte pular e cantar junto, destaque para o refrão chiclete que gruda em sua cabeça o dia inteiro, a letra fala sobre pessoas jovens e os sonhos que elas tem para o futuro.

Errata, a música não é um cover do Journey, como postado anteriormente, se você encontrar alguma informação incorreta, por favor nos corrija, só assim o roqueveloz pode sempre se tornar melhor!🙂

8. The Last Kiss 5/5
Outra faixa curta, Last Kiss conta até com teclados durante a música, conta com os mesmos elementos que tocaram durante o álbum inteiro, riff empolgante, coro no refrão, belo solo e repetição do refrão até o fim da música, pode chegar a tornar-se enjoativa, pelo fato do álbum inteiro ser neste estilo.

9. Your Momma Won’t Know 5/5
Animada e festeira, your mama won’t know não acrecenta nada de novo ao álbum, mas garante bons momentos de rock n’ roll na sua forma mais comercializada, falando sobre sexo.

10. I Wanna Be With You 5/5
Segundo single do álbum, também alcançou certo sucesso na mtv com seu vídeo-clipe, tem as mesmas características de toda balada lançada por bandas de hard rock da época, mas pesa mais pro lado melódico, ao contrário de Wild Angels no início do álbum, tem uma letra bem inocente e carismática.

As canções abaixo foram lançadas apenas em um remix de 2003, como bônus.

11. Slam Dunk 5/5
Abrindo os “bônus” do relançamento de 2003, Slam Dunk incia com uma introdução na bateria e tem uma pegada mais diferente do resto do álbum, deixando de lado o apelo comercial do álbum, divertida e festeira Slam Dunk anima até defunto.

12. She’s My Baby 5/5
Lembrando aos tempos de Rockabilly, só que com distorção She’s My Baby tira a mesmice do álbum e entusiasma, mostra que a banda poderia ter feito músicas muito melhores, apesar de que as contidas no álbum são maravilhosas, eles poderiam ter diversicado um pouco, e quem sabe não teriam chamado mais atenção.

13. Two Hearts 5/5
Outra balada, nada de novo…não há muito o que comentar, pois é praticamente idêntica a “Wild Angels”. Destaque para o belo solo de guitarra.

14. Over the Edge 5/5
Com uma forte introdução e uma pegada mais “pesada” Over The Edge é  outro exemplo de variação que a banda deveria ter experimentado durante o álbum, pois é uma ótima música e sem todo aquele apelo comercial parece que soa mais “natural”.

15. I Just Wanna Have Something to Do (Ramones cover) 5/5
Outro cover que a banda deixou a sua cara, dessa vez a escolhida foi “I Just Wanna Have Something To Do” presente no álbum “Road To Ruin”, e em seus curtos minutos de duração, encerra o álbum da maneira que começou…com diversão!

Média do álbum: 10/10

Vinni Chas ex-baixista da banda, Falecido no último dia 5 de abril

Hey Stoopid é o décimo nono álbum de estúdio da “Tia Alice”, e praticamente encerra a fase mais comercial do cantor. Após o fracasso em seus álbuns na década de 80, com excessão de Trash, Hey Stoopid foi lançado em julho de 91, o álbum conta com diversos convidados como Mick Mars e Nikki Sixx do Mötley Crüe,Steve Vai, Joe Satriani, Ozzy Osbourne entre outros. O álbum mais parece uma continuação de seu antecessor “Trash”, mas nem por isso deixa de ser bom.

, , , ,

  1. (1989) Os Dez Melhores Álbuns « Roque Veloz /,,/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: