(2003) Skid Row – Thickskin


Capa do álbum

Primeiro álbum da banda após a saída de Sebastian Bach e Rob Affuso em 1996, para tentar se recuperar, os músicos remanecentes contrataram Phil Varone para o lugar na bateria, e Johnny Solinger para liderar os vocais da banda, o álbum é simples e direto, lembrando o skid row de antigamente, mas com uma pequena diferença…Johnny Solinger consegue deixar sua marca nas músicas, fato que parecia impossível após a saída de Bach. Lançado de uma forma totalmente independente Thickskin mostra que o skid row ainda tinha muita criatividade para explorar e que não era apenas outra banda de hard rock dos anos 80.

Melhor música: One Light



Pior música:
Lamb

01. New Generation (Rachel Bolan, Dave Sabo) 4/5
Abre o álbum de forma pesada e intensa, mostra os pontos já explorados pela banda em seu álbum anterior e apresenta o vocalista Johnny Solinger e seu estilo mais agressivo e pesado de cantar do que Sebastian Bach, com misturas de Hard, Heavy e um pouco de punk mostra que a “Nova Geração” do Skid Row apesar das dúvidas de todos, era muito competente.


02. Ghost (Bolan, Johnson, Sabo)
5/5
Com um pé no pop-rock comercial a banda aposta em vocais limpos (que Solinger faz muito bem, apesar do estilo contrário de Bach) e melodias bem trabalhadas, chega até a soar radiofônica para os lançamentos da época, single do álbum e chegou até a ter um clipe filmado, uma das melhores faixas do álbum.

03. Swallow Me (The Real You) (Bolan, Sabo) 4/5
Com um riff muito pesado, a banda se reinventa e com variações de vocal, Johnny representa muita bem…tanto melódicamente quanto agressivamente, dando uma nova identidade a banda e mostrando que Sebastian já era e que ele era o novo dono do pedaço, o vocal quase sussurado dos versos é muito semelhante ás músicas do Creed.

04. Born A Beggar (Bolan, Scotti Hill , McCabe, Sabo) 5/5
Com um riff um pouco mais “Diferente” do restante da banda, mostra o que ela iria fazer no álbum posterior “Revolutions Per Minute”, tem um belo e muito bem construído refrão, assim como as passagens mais melódicas dos vocais, mostrando que apesar do estilo diferente de Johnny cantar, acabou caindo como uma luva na banda e em sua proposta no álbum, rock melódico,bem trabalhado e peso na medida certa.

05. Thick Is The Skin (Bolan, Sabo) 5/5
Faixa que originou o nome do álbum mostra o lado pesado da banda, poderia facilmente ter sido incluída no clássico “Slave To The Grind”, a banda peca por querer mesclar um pouco das melodias bonitinhas e bem construídas das faixas anteriores, mas logo se recupera com a agressividade do refrão e os berros de Johnny Solinger de “THICK IS THE SKIN”, conta também com um solo de baixo acompanhado de um coro de “Heys” e logo em seguida um belo solo de guitarra.Um dos grandes destaques do álbum.

06. See You Around (Bolan, Johnson, Sabo) 5/5
O lado meloso do Skid Row volta a aparecer em “See You Around”, uma das melhores músicas do álbum, e mostra que a banda soaria cada vez mais moderna, uma das músicas mais produzidas do álbum, justamente por se tratar de uma balada, e tem um belo refrão que gruda na cabeça.

07. Mouth Of Voodoo (Bolan, Sabo, Johnny Solinger) 3/5
Contém um início sombrio e logo entra a banda inteira, soando bem pesada, única música do álbum que conta com Johnny Solinger na composição e infelizmente não empolga, apesar do peso e dos vocais bem trabalhados o instrumental deixa um pouco a desejar, tornando a música um pouco chata de ser ouvida.

08. One Light (Bolan, Sabo) 5/5
O Clímax do álbum, uma balada moderna extremamente bem arranjada e produzida, aqui a banda inteira merece ser aclamada de elogios e admiração, guitarras bem arranjadas, a cozinha da música em perfeita sincronia e o vocal potente e belo de Johnny Solinger, mostrando mais uma vez como é o seu estilo de cantar, agressivo e melódico, em alguns momentos lembra os bons momentos de Eddie Vedder no Pearl Jam, é uma das melhores baladas que o Skid Row Já compos em sua existência e mostra que Bolan e Sabo ainda sabem fazer boas músicas.

09. I Remember You Two (Bolan, Sabo)5/5
Sabe aquela frase, “Não se meche em time que está ganhando?”. Pois é, a dupla Bolan e Sabo nunca devem te-la ouvido, e ainda bem…porque a versão quase Punk de I Remember you(Do primeiro álbum que pode ser conferido aqui no blog) ficou ótima, muitos fãs xiaram por mexerem no clássico, não parece em nada com a primeira versão, fato, mas é uma das coisas que fazem a música ficar agradável e boa, esquecendo comparações entre vocalistas.Com certeza um dos destaques do álbum.

10. Lamb (Bolan, Sabo) 3/5
Um riff de baixo e uma introdução na guitarra semi-grunge faz a pesada “Lamb” ser um dos motivos do álbum cair de nível, principalmente nos versos onde parece que os vocais não se encontram com o instrumental, ganha pontos por um refrão bem construído, mas não deixa de ser uma das piores do álbum.

11. Down From Underground (Bolan, Johnson, Sabo) 3/5
Outra faixa pesada e não empolgante do álbum, alterna momentos melódicos e pesados, chega a ter bons momentos, mas não o bastante como o resto do álbum, deixando muito a desejar.

12. Hittin’ A Wall(Bolan, Hill, Sabo) 4/5
Pesada e agressiva, encerra o álbum com um nível um pouco melhor, mas ainda sem chegar perto das boas músicas, Rachel Bolan e Snake Sabo provaram que ainda sabiam fazer músicas de qualidade como no começo da banda, com um toque de modernidade e Johnny Solinger apesar do estilo diferente, mostrou-se completamente capaz de substituir a grande lenda Sebastian Bach, um belo álbum com ótimos momentos e poucos momentos ruins, vale a pena ouvir.

Média do álbum: 8/10

, , , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: