(1978) Van Halen – Van Halen I


Capa do álbum

Em 1978 foi lançado um álbum que mudaria o mundo do rock, Eddie Van Halen e David Lee Roth formaram uma dupla que seria conhecida no mundo inteiro, e influenciaria uma nova safra de músicos da época e continuam influenciando até hoje. A Extravagância de Dave e a irreverência de Eddie fazem desse álbum histórico e já foi considerado um dos melhores álbuns de música de todos os tempos.

Melhor música: Runnin’ With the Devil


Pior música:
Atomic Punk

1. “Runnin’ With the Devil” – 3:35 5/5
A sirene e a entrade do baixo anunciam o Van Halen ao mundo, Eddie Van Halen faz um trabalho excepcional com as guitarras aqui, executando riffs, harmônicos e pequenos solos, além de revelar um dos melhores vocalistas do mundo, David Lee Roth, a letra foi inspirada em uma música de mesmo nome, do Ohio Players, sempre aparece em listas como sendo uma das melhores músicas do hard rock.

2. “Eruption” – 1:42 5/5
Excepcional, explêndida, maravilhosa, com uma faixa de um pouco mais de um minuto e meio Eddie Van Halen criou uma inspiração para toda uma geração de guitarristas e revolucionou o jeito de se tocar guitarra, introduzindo o Tapping em uma canção pela primeira vez.Diz a lenda que Eruption não era pra entrar no álbum, Eddie estava se aquecendo para tocar e o produtor o ouviu e gravou tudo, resultado…o melhor solo de guitarra de todos os tempos.

3. “You Really Got Me” – 2:37 5/5
Um dos singles do álbum, You Really Got Me é na verdade um cover do The Kinks, a música se encaixou perfeitamente com a banda e é um hino conhecido praticamente por todos do rock, também fez parte do jogo de video game Guitar Hero 2.

4. “Ain’t Talkin’ ‘Bout Love” – 3:49 5/5
E o álbum continua a todo vapor, Ain’t talkin’bout love era uma música antiga de Eddie Van Halen, mas ele achou que não era boa suficiente para mostrar para a gravadora na passagem anterior da banda, que não obteve sucesso. Também é uma das poucas músicas de David Lee Roth em que Sammy Hagar cantava ao vivo, foram gravados diversos covers dessa música.

5. “I’m the One” – 3:46 4/5
Com uma pegada um pouco mais agressiva I’m The One não deixa cair a peteca do álbum e mostra um competente David Lee Roth, que provava cada vez mais ser uma das vozes mais marcantes do rock e que influenciaria uma geração inteira na forma de cantar, é um pouco mais fraca em relação as primeiras faixas, mas nem por isso o ouvinte desanima,

6. “Jamie’s Cryin” – 3:30 5/5
Outro single que foi lançado, Jamie’s Cryin é um outro hino do Hard Rock e do Van Halen, não é pra menos, já que o baterista Alex Van Halen já declarou que esta é sua música favorita da banda,a música conta a história de uma mulher que conheçe um homem que está afim apenas de ficar uma noite com ela.

7. “Atomic Punk” – 3:01 3/5
Com um riff um tanto quanto diferente, em Atomic Punk o entusiasmo pode cair um pouco, pois após as ótimas faixas anteriores, essa apenas mediana deixa a sensação de dever algo no ar. Não é uma faixa ruim, tem a cara do Van Halen, mas falta algo, mesmo com Eddie executando solos perfeitos e dignos de atenção e louvor.

8. “Feel Your Love Tonight” – 3:42 5/5
E a empolgação volta em Feel Your Love Tonight, com um refrão chiclete a dupla Eddie Van Halen e David Lee Roth mostravam que tinham muito para mostrar ao mundo.

9. “Little Dreamer” – 3:22 3/5
Uma bela faixa com uma pegada suave e tenta seguir na linha das faixas anteiores, não chega a marcar, mas é uma boa faixa.

10. “Ice Cream Man” – 3:19 4/5
Com um início acústico e uma introdução quase falada por David Lee Roth, a música que é um cover do guitarrista de Blues John Brim fica agitada na hora certa, e novamente tem um solo espetácular e inovador de Eddie nas guitarras, é o tipo de música que faz você mexer a cabeça seguindo o ritmo.

11. “On Fire” – 3:00 3/5
O fim do álbum chega a decepcionar um pouco, mas mesmo assim as faixas são ótimas, e encerrar “Em chamas” é uma boa pedida após a “Erupção” que é o álbum inteiro. Com este álbum a banda conseguiu revolucionar o rock e ter uma importância tão grande, que alguns chegam a comparar com alguns álbuns do Led Zeppelin. Enfim, clássico absoluto, todo fã de rock tem que ouvir essa pérola.

Média do álbum: 9/10

, , , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: