(1989) Skid Row – Skid Row


Skid row

Capa do Álbum

Skid Row é o álbum de estréia da banda americana de Hard Rock, Skid Row. Vendendo mais de 10 milhões de cópias no mundo inteiro e com o “apadrinhamento” de Jon Bon Jovi, o álbum é uma obra prima do Hard Rock, sendo sempre lembrado em listas do genêro e merece ser escutado do início ao fim.

Destaques do álbum: 18 and life, Big Guns, Youth Gone Wild, I Remember You

1.     “Big Guns”       (Rob Affuso, Bolan,Scott Hill Sabo) (3:36) 5/5

E Logo na faixa de abertura a banda mostra a que veio, uma faixa enérgica com refrão poderoso e uma pegada bem pesada, Big Guns faz explodir energia ao ouvinte, é daqueles Hard n’ Heavy que anima qualquer um, sendo perfeita para esquentar o público em bares, por exemplo.

2.     “Sweet Little Sister”  (Bolan, Sabo) (3:10) 5/5

E a banda segue o ritmo na segunda faixa e não decepciona, Sweet little sister é apenas uma prévia do vocal poderoso de Sebastian Bach que empolga e muito principalmente no refrão, com a execução de Backing vocals perfeitos pelos outros músicos da banda. Um dos melhores refrães do álbum, merece ser executada no volume máximo.

3.     “Can’t Stand the Heartache”   (Bolan) (3:24) 5/5

O coro no início da música já mostra um lado mais hard rock da banda e não tão pesado como as duas primeiras faixas, entretanto a banda não perde qualidade em momento algum e é outra faixa excelente que faz o ouvinte cantarolar o refrão por vários minutos seguidos, uma das principais características do muitas vezes criticado Hair Metal dos anos 80.

4.     “Piece of Me”     (Bolan) (2:48) 5/5

E na sequência a banda já emenda aquele hard rock que você tem que ouvir no talo, que  você sente a música por todo o corpo. Tem uma  introdução de baixo mais do que perfeita, um riff empolgante e é ideal pra ouvir no carro. Seguindo o exemplo da faixa anterior é uma música em que são apresentados os maiores clichês do Hair Metal dos anos 80: refrão grudento, letra sacana, um solo de guitarra exuberante e uma música fácil de acompanhar.

5.     “18 and Life”   (Bolan, Sabo) (3:50) 5/5

E aqui fico sem palavras para descrever esta obra-prima, desde a introdução da guitarra ao solo, a letra, e tudo mais…Uma das melhores músicas da banda e uma das melhores do Hard Rock também,quem nunca cantou 18 and life ao completar 18 anos? Enfim, PERFEITA e não há muito mais o que dizer sobre.

6.     “Rattlesnake Shake”      (Bolan, Sabo) (3:07) 4/5

Após a ótima 18 and life é natural que o ouvinte possa se decepcionar um pouco, mas a banda não deixa a peteca cair e com a ótima Rattlesnake Shake com vocais poderosos de Sebastian Bach, a banda mantém o ritmo, o ponto alto fica por conta do pré-refrão que tem uma melodia fantástica.


7.     “Youth Gone Wild”    (Bolan, Sabo)
(3:18) 5/5

Outro hino do Hard Rock:  não há muito o que falar, tem uma típica letra de hard rock seguindo mais ou menos o estilo de “Eu sou o fodão e faço o que quero”, é música fantástica que a banda toca até hoje com Johnny Solinger nos vocais. Aqui a banda apresenta novamente os clichês dos anos 80 com direito até a paradinha da bateria para levantar a galera nas apresentações.

8.     “Here I Am”    (Bolan, Sabo) (3:10) 4/5

Voltando ao lado mais Heavy da banda um riff rápido é apresentado e quando o vocalista Sebastian Bach começa a cantar voltamos ao Hard Rock com Backing Vocals executas com maestria, uma das músicas da banda que mais funciona e empolga ao vivo, uma boa pedida pra você que está cabisbaixo por algum motivo.

9.     “Makin’ a Mess”   (Sebastian Bach, Bolan, Sabo) (3:38)   3/5

Única faixa em que o frontman todo-poderoso face-doll Sebastian Bach participou da composição, é uma das faixas mais pesadas do álbum, quase uma prévia do que o vocalista viria a fazer nos seus álbuns de carreira solo nos anos 2000. Mas em um play onde há vários clássicos e hinos do Hard Rock, é uma música que acaba sendo despercebida pela maioria.

10.     “I Remember You”    (Bolan, Sabo)
(5:10) 5/5

Uma das baladas mais lindas não apenas do Hard Rock, mas do Rock no geral: melodia, solo, arranjos, tudo perfeito, e Sebastian mostra mais uma vez o porque se transformou numa das mais poderosas vozes do Rock n’ roll. Uma das músicas mais famosas da banda, quase indescrítivel, somente ouvindo mesmo.

11.     “Midnight/Tornado”     (Matt Fallon, Sabo) (4:17) 3/5

Única faixa de todo o álbum que não contém a participação do baixista Rachel Bolan na composição. Faixa mais “fraca” do álbum, poderiam ter passado sem essa, o que mostra mais uma vez que Skid Row sem Bolan não funciona.

Média do álbum: 9/10

Skid Row

 

, , , , ,

  1. (1989) Os Dez Melhores Álbuns « Roque Veloz /,,/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: